Manifesto Anarcoplayba – Capítulo 1: como tudo começou.

June 5, 2004 § Leave a comment

Um espectro paira sobre a humanidade, o espectro do Anarcoplaybismo.(isso é Anarcoplayba prá caralho: fazer citações só pra falar que vc já leu os livros citados)

Todos aqueles que vivem nos grandes centros sabem que o Anarcoplaybismo está perto, em cada esquina, como alguém tocando violino no armário do seu quarto.

Mas ante tamanha ameaça, resta a dúvida: what the fuck is Anarcoplaybismo?

Começaremos a explicar o Anarcoplaybismo, começando do começo por uma questão de princípios: Como nasceu o Movimento.

Em primeiro lugar, o Anarcoplaybismo não foi criado, foi descoberto.

Sua descoberta se deu no Natal de 2003, quando Rípper ofereceu em sua casa um almoço de natal para aqueles que não gostam do Natal (isso será matéria de um post de natal). O que deveria ser o “Almoço de Natal Punk”.

Rípper ofereceu um grande Pernil Assado e eu, hj Anarcoplayba, disse que cozinharia minha especialidade da época: Macarrão ao molho de nozes (hj minha especialidade preferida é macarrão ao molho de 4 queijos).

E nisso Anarcolayba e Steinhaeger começam a trabalhar na cozinha, picando nozes e conversando acerca de mulheres. Então Escobar e a Sra. Escobar se juntam e a conversa segue diversos rumos…

Almoço pronto, começamos a comer o macarrao e o Pernil, ao que Escobar fala:

“-Mas que cazzo… falaram que ia ser um almoço de natal Punk… Eu esperava encontrar um pessoal pendurado no lustre, com um machado na mão, mas de Punk isso aqui não tem nada! Rango de qualidade, bom vinho, isso aqui não é Punk!”

Então Steinhaeger solta a pérola:

“-Não é Punk. É Anarco-Playba!”

Aí foi batizado o nosso movimento que, posteriormente, em uma atitude anarcoplayba, foi tomado e devidamente registrado perante a Biblioteca Nacional em meu nome.

Aguardem o Capítulo II – Características do Anarcoplaybismo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading Manifesto Anarcoplayba – Capítulo 1: como tudo começou. at AnarcoBlog.

meta

%d bloggers like this: