Férias da malandricagem.

July 16, 2004 § Leave a comment

Ceeeeerto (como diria Rípper)… Estamos hiperativos ultimamente… Nossos posts estão surgindo, surgindo, surgindo, surgindo… juro que a partir de agora vou dar um tempo…

 

Mas eu tinha que falar de uma coisa que eu acho que me distingue (HEY! Isso NÃO é algo necessariamente bom…) dos demais malandricus: Pra quem não sabe eu fui criado numa fazenda uma parte da minha vida… acho que eu ainda tenho um q de “bicho do mato”. Adorava andar à cavalo (não sei se ainda lembro), acampar, fazer trilhas e andar por lugares em que eu poderia ter certeza de que eu era um dos únicos a ter pisado lá. Saber que dentre outros caminhos, sempre existia uma linha reta.

De vez em quando me dá essa sensação…Vocês já se sentiram cansados da civilização? De pra onde quer que vocês olhem ter luz elétrica? De se sentir preso? De sentir falta de noite sem luz? De ver estrelas? então… de vez em quando dá isso. É uma sensação ruim de querer sair correndo pelo mato, pular numa cachoeira às 4 da manhã, passar frio, acumular sereno na cara, pisar na lama, sentir cheiro de mato, andar à cavalo… É uma sensação ruim porque hoje é impossível.

 

Cruzeiro é uma merda de cidade: pouca mulher, pouca balada, pouco barzinho…

Mas de uma coisa eu não posso reclamar: se eu quisesse, eu tinha uns rios e cachoeiras maravilhosos, a uma hora da minha cama…

 

Acho que esse é um dos motivos pelos quais eu gosto de Rugby: Correr em um gramado com a intenção de chocar contra um ser humano à maior velocidade possível éo mais próximo de “vida selvagem” à qual eu chego aqui.

 

Tenho tomado pouca água, tomado pouco sol, cheirado muito concreto, vidro e metal.

Baladas são uma coisa legal… Beber tbm. Se Efedrinar é importante, e sexo é muito bom.

Mas acho que eu preciso de um fds pra desintoxicar.

 

Agora é tarde… já marquei programas demais para esse final de semana… mas semana que vem acho que vou para o interior. Nadar em água mineral e contar apenas com meus pés pra me carregar é algo do qual eu preciso de vez em quando.

 

(Ou é só tomar mais drogas…)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading Férias da malandricagem. at AnarcoBlog.

meta

%d bloggers like this: