24/7

April 17, 2008 § 2 Comments

Já percebeu como os seres humanos gostam de criar convenções?

Desde as maiores até as menores e mais inúteis delas.

Três refeições ao dia.

Por quê?

Inicialmente faria algum sentido: um bando de homos (aqueles animais primitivos que mal podem ser chamados de humanos, não os homossexuais) preparavam à noite a caça do dia. Se você não comesse, só no dia seguinte.

De alguns milênios atrás, isso pegou e ficou. Como um cachorro que dá três voltas antes de deitar.

Lembram-se das viagens de Gulliver? Afinal, qual o lado certo para se abrirem ovos?

E os finais de semana? Para descansar?

Ou um mês de férias por ano.

A ironia é que num estado mais natural de vida (por exemplo, alguns posseiros que vivem no meio do mato) isso não existe: a plantação tem que ser regada todos os dias, os animais alimentados. O descanso só é possível quando há acúmulo. Ou seja: só pode descansar quem trabalha mais do que precisa.

Mas esse texto não é sobre trabalho, é sobre descanso.

Um ser humano padrão (excetuam-se poucas pessoas que simplesmente não pensam nem se preocupam com a possibilidade/necessidade de trabalhar) trabalha o dia todo. Ou preenche um quarto a um terço do seu dia com alguma atividade “obrigatória”: estudo, trabalho, etc.

Um terço pra dormir, um terço pra trabalhar… sobram oito horas por dia pra você fazer “o resto”. E o resto inclui banho, comida, transporte, além de outros interesses e objetivos. Como fazer sexo ou, hipoteticamente, praticar um esporte ou ter um hobby.

O problema é que, ocasionalmente, seres humanos decidem dar um passo um pouco adiante. Sabe, não basta fazer sexo, tem que ser com a mulher que você quer.

Não basta praticar um esporte ou uma arte marcial. Você quer superar.

E sim, estou usando superar como um verbo intransitivo.

E quando você menos espera, você está em um leve nível de insanidade: das 168 horas da semana, 42 você dorme, 63 você trabalha, 20 você treina, 21 horas você come, e as outras 22 você usa pra tudo o que sobra: ler, ter vida social, tomar banho, fazer sexo, sair pra encher a cara e por aí vai.

Viver é um trabalho de período integral, 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Ocasionalmente você acaba invejando algumas pessoas que tem a possibilidade de misturar trabalho e prazer. Atores pornô e os Gracie, citando dois exemplos.

Mas é muito importante não confundir os Gracie com atores pornô.

O post está tosco, mas sabe como é… é difícil colocar mais profissões na semana.

§ 2 Responses to 24/7

  • fofa... says:

    tosco ou n, o fato é q até palavras soltas são válidas pra suscitar idéias e boas discussões, pq pior do q pensar e transmitir tosqueiras é justamente nunca ter pensado ou pensar nelas… de certa forma é um exercício “raciocínico”! hahahah…

    quanto à descansar ou trabalhar… eu devo admitir q sinto falta de lazer e ócio, mas n trocaria minha vida de angústias e ansiedade por isso… e mais, ainda acho q os dias deviam ser como os caixas eletrônicos: 30h… 24h é pouco (e gay)! n tenho tempo hábil pra estudar tudo o q preciso e quero! já n saio pra encher a cara, nem tenho vida social e nem sexo… n posso abrir mão do banho e das refeições!!!ahhahahaah

    e post post post!
    seus posts toscos ainda são melhores do q o abandono, o silêncio e as moscas!!!

    Like

  • Sil S. says:

    Segundo os meus cálculos, nas últimas três semanas eu tive em média 47 horas em cada para tomar banho, ter uma vida social, fazer sexo, ir à academia, beber, coçar o saco, ler e fazer coisas de natureza diversa, tais quais pintar as unhas ou fazer depilação. Delas, 9,5 horas foram gastas no trânsito (conta aproximada). Ou seja: não fui na academia, não fiz sexo, bebi pouco, vi minha vida social agonizar e ainda dormi mal pra caralho.

    Work sucks. Pelo menos você treina.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading 24/7 at AnarcoBlog.

meta

%d bloggers like this: