Coisas Que eu Aprendi no Final de Semana e que gostaria de compartilhar com vocês.

June 5, 2008 § Leave a comment

Brigar na rua é uma experiência completamente nova. E a inexistência de regras é apenas parte da questão.

É possível emular em um dojô uma situação de luta sem regras, dois contra um, luta com armas, etc.

O que não é possível emular em um dojô é o espaço geográfico da rua.

Em uma rua você tem obstáculos naturais que atrapalham muito um combate. Existem carros, postes, calçadas, escadas, árvores, trânsito, pessoas, etc.

Se você tem a possibilidade de usar a área a seu favor, você tem uma vantagem teórica. Mas isso demanda previsão e um grau de paranóia maior que o normal. Das duas uma, ou você aprende do jeito difícil, ou fica paranóico.

Outra coisa que eu descobri é que nocaute é uma coisa razoavelmente rara.

É difícil o nocaute sair se você não acertar (ou apanhar) no lugar certo. Em uma situação de esporte, um contra um, é mais fácil sair um nocaute que numa situação real, mesmo sem luvas. Na vida real você tem que se desconcentrar. Pensa no carro que tá na rua, nos adversários, na guarda, na defesa, no ataque.

No esporte você tem UM objetivo. Fazer pontos. É muito mais fácil.

Outra coisa importante, dessa vez, MUITO importante: a vida não é um RPG ou um vídeo-game.

E não estou me referindo à implicações morais e riscos aos quais você se sujeita. Estou falando apenas que não existe “barra de vida”.

Quando você toma um golpe, você não toma “hit points” de dano, que precisam ser curados e se você tomar várias porradas iguais você morre ou desmaia quando acabam os “hit points”.

O soco que nocauteia é UM soco. Se você bateu várias vezes em alguém (ou apanhou) isso não faz diferença. O que interessa é o golpe que derruba. O golpe perfeito.

Outra coisa: Um soco dado enquanto você recua é fraco. Não tem peso. Não causa dano.

Preciso desenvolver uma técnica de treinamento pra consertar isso. Trabalho de footwork, provavelmente.

Por fim: os treinamentos que eu fiz até hoje possuem um foco muito grande em defesa.

Isso tem um lado bom, inequivocamente: você não toma dano. Com o passar do tempo você aprende a esquivar, absorver, defender e minimizar os golpes tomados.

Mas não aprende a atacar.

Acho que é hora de eu começar a criar meu estilo.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading Coisas Que eu Aprendi no Final de Semana e que gostaria de compartilhar com vocês. at AnarcoBlog.

meta

%d bloggers like this: