Agora que eu sei melhor quem é o Xico Sá…

July 15, 2008 § 7 Comments

E porque fui comparado à ele de forma antagônica, permitam-me dizer o que eu REALMENTE penso de toda essa pasmaceira femista que tomou conta de todos os lugares.

Homem que tem vergonha de ser homem, devia ser castrado.

Quantas vezes já não ouvi das bocas de mulheres e (pasmem) de homens, que mulheres são mais carinhosas, afetuosas, detalhistas, sensíveis e inúmeras outras inúmeras qualidades mutuamente excludentes de testosterona.

Pois bem, seria inocência não acreditar na existência de pequenas vantagens hormonais para ambos os sexos.

Bom, eu posso ser um homem, inundado em testosterona, que vive todos os dias de sua vida miserável lutando contra seus demônios internos.

É tem razão. Pena. Nasci com os genes errados. Acho que vou passar mesmo o resto da minha vida me lamentando a respeito disso, servindo de capacho afetivo para todo e qualquer OPB (objeto portador de buceta), afinal, eu sou um indigno.

Ou isso ou eu posso levantar minha cabeça e ser o melhor ser humano que eu posso, independente de sexo, cor ou religião.

É, talvez, e apenas talvez, eu consiga enfrentar a tirania genética que à qual o acaso me sentenciou e tente ser um bom ser humano. Talvez eu ainda tenha defeitos. Talvez eu não me torne perfeito, mas, afinal, é culpa dos genes, né? As pessoas não têm culpa de nascerem homens, judeus, viados ou negros, não é mesmo?

Obviamente, eu, enquanto ser incompleto e imperfeito que TODOS os homens são, posso ser incapaz de realizar todos os desejos de todas as mulheres. Bem, assim como gays, pra mim, tem mais é que tomar no cu (ou colocarem no cu de alguém, dentro das escolhas pessoais de cada um), as mulheres que não estejam satisfeitas com a minha oferta podem me deixar na prateleira.

Sim, exatamente. Por favor, façam um favor para mim, vocês como seres perfeitos que são: Não tentem me mudar. Eu sou imperfeito e não satisfarei seus desejos, carências e necessidades enquanto elas não me tocarem em algum aspecto.

“Ohhhh… você está falando que está preocupado apenas com a própria felicidade?”

Hummm… grosso modo? Sim.

É, sabe, eu não acho que seja interessante do ponto de vida humanístico tornar sua felicidade uma função direta das escolhas de outras pessoas, e sair por aí citando “O Pequeno Príncipe” falando que os outros são responsáveis pela sua sorte ultrajante porque te cativaram.

Obviamente, a felicidade dos outros, eventualmente, está ligada à minha felicidade. Sabe como é: eu quero ver meus amigos felizes. Isso me faz feliz. Eu quero ver as pessoas das quais eu gosto felizes porque isso me faz feliz.

Egoísmo puro, mas sabe como é: eu sou homem, egoísmo é normal pra minha raça, né?

Com já foi dito antes de mim: Eu não sou o guardião do meu irmão. Cuidar da minha vida já dá muito problema, quiçá cuidar da vida de outra pessoa. Talvez se cada um de nós se tornasse responsável pela própria vida, sem a necessidade de figuras paternas, muletas afetivas ou figuras de autoridade, o mundo fosse um lugar muito melhor.

Quem precisa de figura paterna é criança. E quem dorme com criança acorda mijado. Pense nisso.

Por fim, com relação “àquele” texto:

Dar indireta é o caralho. Quer falar alguma coisa? Quer uma mudança? Quer causar alguma mudança no mundo? Faça isso sem medo de dar a cara à tapa. Vi Veri Veniversum Vivus Vici: Vivendo pelo poder da verdade venci o universo.

Medo de relacionamentos? Sim, isso é covardia. Mas não se esqueçam que covardia não se confund nem um pouco com saber o que se quer e o que não se quer de um relacionamento. Se ele não quer dar um passo adiante num relacionamento, isso pode significar duas coisas: ou que ele é um covarde (e que conseqüentemente você tem um gosto de merda pra homem) ou que ele está exercendo seu constitucional direito de não se envolver com alguém porque ele não quer.

“Ah, mas por que ele não fala com todas as letras?”

a) Porque ele não quer.

b) Porque ele quer continuar mantendo em banho Maria (me diz, por que isso é menos certo que assumir um compromisso?)

c) Pra te dar o gostinho de ter que desvendar as intenções dele.

d) Todas as alternativas acima.

Por que não ligar no dia seguinte? Ponto concedido ao Xico Sá. Mulher sempre tem esse complexo de “mulher objeto” que não tem razão de ser. Se você der “Oi” ela vai se sentir melhor. Não há razão razoável pra não fazer isso.

Sexo com intimidade é melhor? É sim. Mas eu não vou sair dando minha intimidade pra qualquer uma e recomendo o mesmo pra todo mundo: Só seja sincero com alguém que tenha conquistado esse privilégio. Separar o joio do trigo é tão bíblico quanto amar ao próximo como a si mesmo.

Por fim, ser Homem “de verdade” não é sair por aí brincando de príncipe encantado matando dragões e distribuindo felicidade aos outros.

Ser homem de verdade é agir com coerência e integridade de acordo com seus próprios princípios.

E todo mundo devia tentar isso, homens e mulheres.

Pecado é aquilo que te afasta da sua verdadeira natureza. Nada mais. Nada menos.

Advertisements

§ 7 Responses to Agora que eu sei melhor quem é o Xico Sá…

  • Sil S. says:

    Você entendeu que a comparação não era ruim pro seu lado, né? E meu, deixa o Xico Sá; o cara é feio e fala cuspindo, se pagar de príncipe encantado aumenta as chances dele de fazer sexo, bom pra ele.

    Like

  • Juremeiro Preto says:

    O femismo é uma onda que vem dos EUA e está tomando conta dos grandes centros urbanos do Brasil.
    O foco principal é São Paulo, e os sintomas sao evidentes: mulherada agressiva com os homens, não sente pudor em usa-los, maltrata-los, etc; homossexualismo masculino e feminino em crescimento desenfreado, assim como a bissexualidade.
    Os homens paulistanos em geral são bem afeminados, tímidos, passivos e bonzinhos, enquanto as mulheres tendem a ser cada vez mais masculinizadas.
    Pode-se mesmo dizer que o homem está se tornando um cidadão de segunda categoria.

    Minha dica: visite o norte/nordeste. Lá os homens sao mais homens e as mulheres sao muito mais femininas. Os sexos convivem em harmonia e a coisa é melhor pra todo mundo.

    Like

  • é!... says:

    pelo visto, além de ser feio e falar cuspindo, o cara é um mala sem alça q adora um lenga lenga… pffff
    e ja q nem é tão manjado: mulheres reclamam dos homens e homens reclamam das mulheres. as luas passam, os sóis brilham e, tirando devidas variações, nada muda e eles continuam se amando e se precisando como sempre acontece… bah
    o q eu gosto mesmo nesse blog é a sutileza anarcoplaybana (eu sei q vc gostou! melhor q essa só o “climbadas” pela comparação com atitudes de joseph climber!)… rah!
    éééé fato: homens são seres inferiores (inferiores!!!): deve ser realmente mais difícil tomar um decisão com duas cabeças, ainda mais se elas tiverem interesses divergentes… mas as mulheres… o grande problema delas é sentir demais, parece até q têm dois corações e não duas bocas!… mas independente dos conflitos, sabemos e ignoramos q o outro só faz com a gente akilo q deixamos ele fazer. claro q tudo ficaria mais, errr, claro (!) se o diálogo existisse. mas se tudo fosse claro (!) talvez n tivesse tanta graça. nem tanto encolhimento…

    Like

  • Juremeiro Preto says:

    Pois é, se nao fossem esses “seres inferiores” a humanidade estaria vivendo numa caverna decorada, já que 99% de todas as invençoes, em todas as áreas do conhecimento, foram e são feitas atualmente por homens.

    Eu, pessoalmente, adoro mulher, mas reconheço que voces só servem pra trepar (e olha que muitas vezes nem isso fazem direito), já que são tão emotivas que acabam por ser infantis.

    Like

  • anarcoplayba says:

    Yay!

    Primeira guerra de comments no Anarcoblog!

    Agora sim me sinto na internet!

    Like

  • Sil S. says:

    99% de cu é rola. Se o mundo ocidental não tivesse sido machista pelos últimos, hum, três milênios, de repente as grandes invenções ocidentais não teriam sido 99% feitas por homens. E, meu, você vai reclamar do femismo alheio depois desse comentariozinho machista??? Juremeiro, vá limpar a privada do seu banheiro que o mundo ganha mais.

    Like

  • Juremeiro Preto says:

    Engraçado como qualquer crítica à prepotencia das mulheres é automaticamente rotulada como machista. Reparem na incapacidade feminina em debater de modo lógico e coerente, sem agressões pessoais.

    Negócio é o seguinte, dona feminista: o mundo já deixou de ser machista há muito tempo, e a sociedade ocidental está mais cor de rosa que cabelo de drag queen, e mesmo assim as invenções ainda sao feitas por homens.

    A verdade nua e crua, e que já foi provada cientificamente é que homens, alem de terem QI mais alto que mulheres, também possuem uma perspectiva mais lógica e objetiva das coisas, além de uma curiosidade acerca do funcionamento do mundo que é exclusiva do sexo masculino.
    É por isso que lemos livros de história, geografia, música, arqueologia, física, química, etc por hobby enquanto vcs trocam fofocas e lêem Caras. E é por isso que vocês nunca farão invenção alguma. Porra, nem o absorvente vocês inventaram! hahahha

    Ah, e relaxa que quem limpa a minha privada é uma mulher (pelo menos pra isso vcs ainda servem).

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading Agora que eu sei melhor quem é o Xico Sá… at AnarcoBlog.

meta

%d bloggers like this: