Vida Suja se Lava Alvejando.

October 23, 2008 § 1 Comment

Imagino que, se minha vida tivesse etiquetinhas tipo aquelas de roupas eu teria economizado muito mais tempo.

Sabe etiquetinhas de roupa? Aqueles simbolozinhos que ninguém sabe pra que servem e, na verdade, servem pra te falar como cuidar de suas roupas.

A primeira coisa que eu veria seria “não secar ao sol”.

Eu demorei anos pra descobrir que eu e sol simplesmente não combinamos. Talvez se eu tomasse sol com mais frequência eu não teria esse problema. E talvez eu morresse de câncer de pele.

Por outro lado, eu descobri que me dou muito bem com alvejantes. Simplifica a vida, sacumé: tira tudo o que não é essencial.

O Vitti disse que uma idéia que não resiste a um soco na cara não é uma idéia que valha à pena. Um comportamento que não resista a um escrutínio mais pesado não é um comportamento que valha à pena ser mantido.

É óbvio que isso causa problemas: não é porque eu estou disposto a ser alvejado que outras roupas aceitam muito bem. Esse é o problema com tintas fortes e cores bonitas: a tentativa de pintar a vida em cores bonitas não resiste muito bem, e o resultado são manchas que estragam uma padrão até então perfeito.

Por outro lado, se existe uma coisa que não dá certo, é ficar de molho.

Ficar parado, deixando o sabão agir me irrita profundamente. Eu sei que paciência é importante, e eu quero me tornar uma pessoa paciente. Mas eu já passei uma semana tentando ser paciente e não deu certo, então eu mandei todo mundo ir tomar no cu.

Mas se ficar de molho é uma merda, eu descobri que eu funciono em ciclos curtos.

E é sobre isso que eu queria falar.

Durante anos eu quis alcançar o equilíbrio. Sabe, o ideal grego de corpo, mente e espírito?

Então, eu não consegui.

Durante a faculdade eu fui mente, enquanto formado, corpo, e, ultimamente, espírito. E em cada um desses momentos distintos eu pude perceber que eu fui incapaz de (ao me dedicar a um destes três elementos), cuidar dos outros dois.

Por mais que eu tentasse manter os três pratinhos girando, eu descobri que eu não consigo aplicar o processo de equilíbrio.

26 anos de cabeçadas na parede depois, eu percebi que essa solução não resolveu o problema. O que é uma deixa pra mudar o approach do problema.

Acho que é hora de oficializar o conceito de ciclos de vida. Se dedicar alternadamente a projetos diferentes, tendo em mente claramente o fato de que você vai tropeçar em alguns deles. Isso faz parte da vida.

Nenhum atleta de ponta fica com 4% de gordura corporal o ano todo. Eles dividem o treino em pré-temporada, temporada e descanso. No descanso, eles aceitam engordar. Na pré-temporada eles recuperam o condicionamento bom pra, na temporada atingirem o preparo ótimo.

A própria natureza tem ciclos: Primavera, Verão, Outono, Inverno. Tem uma hora pra engordar, outra pra emagrecer, outra pra transar como coelhinhos epiléticos e uma pra pagar pensão alimentícia. E não confundir a hora de transar como coelhinhos epiléticos com a hora de pagar pensão alimentícia é muito importante porque é importante saber quem tá fodendo com quem.

E é mais ou menos como um movimento pendular: o momento de mudança é aquele no qual o extremo do movimento está.

Vida: Secar à sombra, alvejar, não deixar de molho, lavar em ciclos curtos. E se possível, transar como coelhinhos epiléticos.

Advertisements

§ One Response to Vida Suja se Lava Alvejando.

  • Ruiva says:

    I`m not alone again: esta história de equilíbrio é coisa feita pra certas pessoas venderem livro de auto-ajuda ou qualquer coisa assim.
    Pra mim é sempre tudo ou nada. Bom, ruim, sei lá.
    O lance é que não fico na supercialidade (que eu detesto) nunca!
    ;0)
    Em tempo: texto perfeito!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading Vida Suja se Lava Alvejando. at AnarcoBlog.

meta

%d bloggers like this: