Toda Saudades É Uma Forma de Velhice.

August 15, 2009 § 2 Comments

Acabei de acabar Grande Sertão Veredas.

Ok, é fato: Guimarães Rosa empatou com Saramago como meu autor favorito.

Eu queria realmente escrever sobre o livro, mas não dá. Seria, quando muito, tentar roubar pra mim o valor da obra dele. Como se eu tivesse autoridade pra julgar o trabalho dele.

Bom, de qualquer forma, estou lançando aqui um convite a todos os blogueiros que porventura leiam isso, quero criar o Write Like a Guimarães Rosa Day.

Não temos o talk like a pirate day? Então, vamos criar o write like a Guimarães Rosa day.

***

Resolvi ler Grande Sertão Veredas porque nas últimas semanas eu de fato viajei pelo sertão. Não pelo sertão nordestino, mas pelo sertão sertão. Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

E ter ido para o Sertão me fez repensar algumas coisas. Dentre elas um pensamento que estava emprenhando e se retorcendo pra nascer, pra finalmente ganhar corpo e sair: a gente vive numa ilusão de civilização.

Confesso que ocasionalmente eu fico receoso de ir pro sertão. Afinal, eu vou processar fazendeiros. Quase sempre, plantadores de cana e usineiro. Sabe aquele papo de “Jagunço”? Então, existe de verdade.

Por sinal, a conversa que se transcorreu foi mais ou menos assim:

Pessoa1: “Queria saber como ele fez quando o delegado foi lá na Usina.”
Pessoa2: “É… onde foi que ele escondeu os Jagunços…”
Anarco: “Quê?”
Pessoa2: “É, ele tem quatro seguranças armados na porta da sala dele na Usina.”

Porra… aí eu pensei: Caralho. E segurança armado é Jagunço? Isso tem em São Paulo também.

Sim, tem.

E foi daí que eu vi: é exatamente a mesma coisa. Segurança armado é jagunço. E é fato que existe uma CARALHADA de segurança armado por aí.

Mas a gente vive fingindo. Acreditando que se você colocar um terno num jagunço ele não é mais jagunço. Como se ensinar um papagaio a latir te desse um cachorro.

A história não se repete, a história rima.

Advertisements

§ 2 Responses to Toda Saudades É Uma Forma de Velhice.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading Toda Saudades É Uma Forma de Velhice. at AnarcoBlog.

meta

%d bloggers like this: