Da Série Comments que Viraram Post.

April 1, 2010 § 4 Comments

http://cacommeusbotoess.blogspot.com/2010/03/ponte-aerea.html

ponte aérea

Aeroportos são lugares interessantes, por maior que seja o tempo que se passa na sala de embarque eu nunca consigo fazer nada produtivo e quando isso acontece começo a olhar a minha volta e fico ali prestando atenção às pessoas ao meu redor, ouço trechos de histórias e fico construindo em minha mente a continuação das mesmas. Vejo um executivo de com sua mochila carregando apenas o seu notebook e poucas peças de roupa, imagino o tamanho da solidão de quem viaja com frequência a trabalho, ao meu lado um casal feliz indo para um destino qualquer conversando levemente sobre coisas da vida, em minha frente está metade, ou não, de uma familia, uma mãe com expressão cansada e junto dela dois filhos comportados… tantas são as vidas em transito. Observando todas aquelas pessoas que cruzam o meu caminho por alguns minutos ou segundos penso em mim e chego a conclusão que não quero pensar pois estou ali, simplesmente estou e sou apenas mais uma, dentre tantas aguardando a decolagem autorizada.

No, no, no, no…

Errado, errado, errado!

Você não é só mais uma, você É, em meio a pessoas sendo. Pense não que nada faz diferença, mas que tudo faz diferença. Imagine quantas pessoas vieram de quantos lugares e estão dividindo com você o mesmo espaço físico.

Quais as chances de algum executivo carregando apenas o laptop passar na sua frente e levar a essa reflexão.

Eu viajo muito a trabalho, e passo por isso, indo sozinho de um lado pra outro, com poucas roupas, e um lap… e é uma experiência deliciosa, porque não é solidão em movimento, é vida em movimento.

Coisas novas, gente nova, ver uma vida que a gente nem sabe que existe.

Eu conheci um policial militar cantor gospel, um boiadeiro descendente de alemães, a mulher mais linda que eu já vi velha e desfigurada num acidente de carro (mas ainda linda)…

Às vezes eu dirijo de madrugada para pegar vôos no sertão. Sertão de verdade (porque sertão é homem sozinho) e SEMPRE tem gente dirigindo. SEMPRE.

Quais as chances? Por que eu cruzo com essas pessoas que eu nem sei quem são, para onde vão ou de onde vem. Eu sei quem sou de onde vim ou para onde vou?

Você só descobre quem é quando sai do seu ambiente.

Enjoy it.

Advertisements

§ 4 Responses to Da Série Comments que Viraram Post.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading Da Série Comments que Viraram Post. at AnarcoBlog.

meta

%d bloggers like this: