Coisas que me irritam. (Ou, um post pra perder leitores.)

August 17, 2010 § 10 Comments

Ok, hoje, quebrando o jejum da falta de posts, eu resolvi falar sobre um monte de pequenas irritaçõezinhas, fato que com certeza será desabonador à minha pessoa (afinal, falar de coisas que te irritam só mostra que você é irritável, fato que não é nenhuma qualidade).

1) Feminismo Burro.

Okey, isso começa muito mal, porque as pessoas comprovadamente são incapazes de pensar sem utilizar a dialética bom x mal. Ao criticar as feministas burras, tenho certeza que uma galera vai falar que eu sou machista, o que me incomoda.

Sim, porque eu acho o machismo assim como o feminismo burro uma ofensa pessoal.

Pois bem, hoje no migalhas saiu que dez mulheres são assassinadas por dia. Okey, isso é errado. Mas saiu no Jornal Nacional em 2008 que o Brasil tem 137 assassinatos por dia.

Okey, não estou falando que morrem mais homens assassinados que mulheres (isso é fato, e provavelmente decorrente do comportamento masculino, mas não vem ao caso).

O que me irrita são as pessoas falarem que é um problema de violência contra a mulher! É um problema de violência! Ponto! Desnecessário falar do gênero.

2) Revoltado Burro.

Ok, uma galerinha tá falando de votar nulo e como isso é um ato de revolta contra o sistema.

Aí eu demonstro que votar nulo só vai trazer como resultado o risco de a Dilma ser eleita em primeiro turno (art. 77, § 2º da Constituição Federal – Googleiem) e o cara fala que ele não vai votar em alguém por insatisfação com um candidato.

Cara, vote em quem você quiser, ou vote nulo, ou vote branco, not my problem. Mas saiba que votar nulo é correr o risco de a Dilma tomar posse falando que a maioria absoluta do País concorda com o PT.

Você quer isso? Eu não.

Gente burra tinha é que nascer conformada: Sair fazendo pirracinha sem saber das consequências da pirraça é duas vezes mais burrice.

3) Sistema Político Brasileiro.

Notem, não estou falando dos nossos políticos (ainda) não estou falando da corrupção, dos crimes, da falta de ética, de nada disso.

Estou falando da nossa constituição.

Pra quem não sabe, existem números máximos e mínimos de deputados na Câmara ou seja: Embora São Paulo tenha 21% da população do país, possui 13% dos deputados.

O Roraima possui 0,21% da população e 1,55% dos deputados.

Fonte: tirei da Wikipédia mesmo, vai encher o saco? Pega os dados do IBGE pra mim então.

O que eu quero dizer com isso? Que o voto de um roraimense vale o voto de 11 paulistas.

E aí? Como você se sente sabendo que a sua democracia não é tão representativa assim?

4) O Senado.

O que me irrita no Senado é a mesma coisa que me irrita na câmara dos deputados. Representatividade.

Cada Estado tem direito a três senadores. Falam que a Câmara é a casa do Povo e o Senado é a Casa dos Estados.

O que eu digo é: Os Estados não existem. São ficção. Inúteis. São Paulo Pode ser fuder. O Rio pode ir à merda. Que o Tocantins pegue fogo.

AS PESSOAS são importantes, não um recorte aleatório no território. Não uma ficção jurídica.

Nosso preâmbulo constitucional afirma que todo Poder Emana do Povo  e em nome dele será exercido.

Mentira. Senadores exercem o Poder em nome de algo que não existe.

5) A Injustiça Nacional.

Eu viajei pra Vargem Grande do Sul. Gastamos trinta e poucos reais de pedágio. Ao que dois membros da caravana falam: “Por isso que eu não vou votar no Serra! Ele enche as estradas de pedágio!”

Ok, deixa eu ver se eu entendi… você não vai votar no Serra porque ele cobra pra você viajar com seu carro… então você prefere que um monte de cara que mal tem uma bicicleta arque com os custos de uma estrada que só você usa?

É isso?

É, mais ou menos isso mesmo.

6) Meu País em Geral.

O The Economist publicou uma matéria falando que a sucessora do Lula teve “sorte” no debate: ao mesmo tempo que estava tendo o debate estava tendo um importante jogo de futebol, então o país não prestou muito atenção.

Sério. Isso me dá vergonha de ser brasileiro.

7) O Povo do Meu País.

Sim, eu sei, meio errado falar isso. Mas cara… Olha pras eleições: O TIRIRICA se candidatou. Se ele receber UM voto, significa que alguém acha que ele representa sua parcela da população.

Isso para não falar dos outros, tipo mulher melão, etc.

Eu sei que tem mais gente bizarra se candidatando, e que é possível que alguns deles mandem bem. Mas alguém aqui viu a propaganda do Tiririca na TV? Ele fala: “Você sabe o que faz um Deputado Federal? Eu também não, mas vote em mim que quando eu descobrir eu te conto.”

Ele quer representar o povo. E aposto que ele já representa muito bem nosso povo e nosso país.

Advertisements

§ 10 Responses to Coisas que me irritam. (Ou, um post pra perder leitores.)

  • Wanessa says:

    Espetacular Anarco.

    Like

  • Nina says:

    Meu, nada a ver! Tinha que ser coisa de homem um post desse. Qual teu problema com pessoas que seguem princípios íntegros, que se negam a votar em um candidato só porque não querem um outro? O voto nulo é a prova da consciência política de um povo que tem sim, orgulhosamente, membros da sua cultura como candidatos a seus representantes em um sistema político sério, justo e bem organizado na distribuição do poder. Um povo que tem o esporte nas veias!!!

    ..

    ….

    Consegui ser um tiquin irritante?

    =D

    Like

  • Petite Poupée says:

    Cara, é claro que todo brasileiro terá em quem votar nas eleições 2010. Só quem não tem opção é paulista! Tem que votar no mesmo candidato pra prefeito, pra governador e pra presidente. Ô falta de imaginação!!!!! auhuhauhuahauh

    Like

  • Petite Poupée says:

    E tem outra, o Tiririca te deixa irritado? pelo menos ele faz rir, meu. No Rio a Tati Quebra Barraco se candidatou…te pergunto: q graça tem porra?

    Like

    • Nina says:

      Porra pode ser bem graciosa, petit!

      E meeoo… Tiririca te faz rir? Eu tenho vontade de chorar! rs

      Like

      • Anarcoplayba says:

        De fato, a coisa mais pornográfica na língua é a vírgula…

        Like

      • Nina says:

        Hmmm.. um ponto de exclamação também tem seu charme… tanto simbolicamente quanto sua conotação semântica…

        Like

      • Petite Poupée says:

        Na República dos abestados, Tiririca é o Rei!

        Florentina, Florentina,
        Florentina de Jesus
        Não sei se tu me amas,
        Pra que tu me seduz?

        Pense bem Nina, a candidatura de Tiririca pode ser a alternativa humorística à proibição de se esculachar com a política na grade comercial das emissoras, não acha?

        Tiririca é hilário. Quem me faz chorar é Ronaldo Esper! ;)

        Like

  • Anonymous says:

    ta parecendo a fernanda young huaahuahu

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

What’s this?

You are currently reading Coisas que me irritam. (Ou, um post pra perder leitores.) at AnarcoBlog.

meta

%d bloggers like this: